WGES para explorar o papel das mulheres e dos jovens em alcançar uma economia verde


DUBAI, 19 de outubro de 2019 (WAM) - A sexta Cúpula Mundial de Economia Verde, WGES, enfrentará desafios e soluções para a economia verde e agricultura sustentável, bem como o papel das mulheres e jovens na conquista de uma economia verde através da inovação, cooperação , transparência, gestão ambiental e solidariedade social Sob o patrocínio de Sua Alteza Xeque Mohammed bin Rashid Al MaktouHamdan bin Rashid Al Maktoum, Vice Governante de Dubai e Ministro das Finanças e Presidente da Autoridade de Energia e Água de Dubai, DEWA, ​​abre o sexto WGES 2019 em 20 de outubro, sob o tema 'Tecnologias inovadoras para uma economia sustentável' no Centro Internacional de Convenções e Exposições de Dubai. O evento global de dois dias se concentrará em três pilares principais: desenvolvimento sustentável, cooperação internacional em direção a um sistema de economia verde e adoção de soluções inovadoras verdes em diversos setores.

Saeed Mohammed Al Tayer, vice-presidente do Conselho Supremo de Energia do Dubai, diretor administrativo e CEO da DEWA e presidente do WGES, disse: "Os objetivos da Cúpula estão alinhados com as diretrizes de Sua Alteza Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum O desenvolvimento sustentável nos Emirados Árabes Unidos está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas 2030, o Centenário dos Emirados Árabes Unidos 2071, que visa tornar os Emirados Árabes Unidos o melhor país do mundo até 2071, a Visão dos Emirados Árabes Unidos 2021, o Plano Dubai 2021 e o Dubai. Estratégia de Energia Limpa 2050, que indica que 7% da produção total de energia de Dubai será derivada de energia limpa até 2020, passando para 25% em 2030 e 75% em 2050. "

"Dubai é um colaborador ativo e tem um papel fundamental em trazer idéias, conhecimentos e iniciativas para criar um futuro melhor para a humanidade, com base na posição e nos esforços do Emirado como capital global da economia verde no mundo", disse ele.

Espera-se que o primeiro dia do WGES se concentre no alinhamento da política energética aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODS, destacando a carga de trabalho significativa necessária para construir um futuro sustentável. Os participantes trocarão opiniões sobre as estratégias, os sistemas e as políticas de sustentabilidade bem-sucedidas e seu potencial de replicação e expansão. O primeiro dia também se concentrará no papel das mulheres na conquista de uma economia verde por meio da inovação, cooperação, transparência, gestão ambiental e solidariedade social, que são habilidades sociais e particularmente importantes na sustentabilidade ambiental e no desenvolvimento sustentável.

A sessão explorará os desafios e oportunidades que as mulheres enfrentam em sustentabilidade, destacando uma variedade de mulheres que trabalham neste campo, em setores como energia, água, finanças e desenvolvimento.

Este ano, no primeiro dia da cúpula, o foco será a participação dos jovens. Ao envolver os jovens na sustentabilidade antes de entrar no mercado de trabalho, eles podem fazer escolhas mais informadas e chamar a atenção das empresas que a sustentabilidade é algo que deve ser levado a sério se quiser recrutar os melhores talentos. Essas sessões incentivarão os jovens a se envolverem no desenvolvimento sustentável e na economia verde. Além do exposto, o primeiro dia testemunhará discussões sobre a economia verde, com a presença de especialistas do setor.

O segundo dia do evento, que contará com a Declaração de Dubai 2019, destacará a sustentabilidade do setor privado, os bancos e investimentos verdes e os desafios e soluções para a economia verde e a agricultura sustentável.

A cúpula supervisionará a participação internacional e local de destaque, incluindo 60 palestrantes que liderarão 14 discussões do painel em dois dias. Entre os principais convidados deste ano estão o Presidente de Comores, Azali Assoumani, e Ban Ki-moon, ex-secretário geral da ONU, que é um orador principal.

Para enriquecer as discussões da cúpula com o objetivo de encontrar soluções para promover a economia verde, alcançar metas de desenvolvimento sustentável e enfrentar os desafios da mudança climática, vários ministros, altos funcionários do governo, tomadores de decisão, consultores internacionais no campo da economia verde, como bem como representantes de ONGs participarão da cúpula.

Localmente, Mariam Almheiri, Ministra de Estado da Segurança Alimentar, juntamente com outros ministros e altos funcionários também se juntarão à cúpula que fornecerá uma plataforma líder para o diálogo, parcerias e troca de idéias e experiências.

O WGES atrairá mais de 3.700 participantes, especialistas e líderes de opinião em vários campos da economia verde e desenvolvimento sustentável, incluindo executivos, parceiros, instituições financeiras e representantes de mercados globais de 78 países. 60 Oradores liderarão 14 seminários e sessões de discussão.

Antes da Cúpula Mundial de Economia Verde 2019, em Dubai, foram realizadas em 2019 as primeiras conferências ministeriais regionais sobre economia verde, a primeira desse tipo em cinco países ao redor do mundo Trad. por Nadia Allim.

http://www.wam.ae/en/details/1395302795844

WAM/Portuguese