Terça-feira 20 Outubro 2020 - 7:42:50 am

Satélite MeznSat - uma nova conquista Emirati no setor espacial


ABU DHABI, 13 de setembro de 2020 (WAM) -- Os EAU continuam suas conquistas pioneiras no setor espacial, pois em breve lançará o satélite MeznSat sobre um foguete russo Soyuz.

O MeznSat pode ser adicionado à lista de satélites de propriedade e operados pelos Emirados Árabes Unidos.

Neste relatório, a Agência Emirates News, WAM, destacará os esforços nacionais de uma década para desenvolver satélites, com a participação de muitos jovens talentosos nacionais dos EAU, e em parceria com entidades locais e internacionais.

Os EAU possuem muitos satélites de alta capacidade. Em 2008, o "DubaiSat-1" foi lançado pela primeira vez para monitorar a mudança climática pelo Centro Espacial Mohammed bin Rashid.

Em 2013, o "DubaiSat-2" foi lançado para fins de observação e monitoramento, e os engenheiros do Emirati do centro contribuíram para seu desenvolvimento.

O "Yah-1" é o primeiro satélite lançado pela Companhia de Comunicações por Satélite Al Yah, visando atingir vários objetivos, como a transmissão de programas de TV e o fornecimento de outros serviços comerciais para 62 milhões de telespectadores.

Em 2012, "Yah-2" foi lançado para fornecer serviços de Internet via satélite "YahClick" a várias empresas e indivíduos no Oriente Médio, África e Ásia Central e Sudoeste.

Em 2018, o "Yah-3" foi lançado para oferecer serviços equivalentes na América do Sul e na África Ocidental.

O "Nayif-1" foi o primeiro satélite nanométrico e o primeiro satélite educacional "CubeSat" Emirati, lançado em 2017 da Índia para fins educacionais, e desenvolvido por um grupo de estudantes da Universidade Americana de Sharjah e do Centro Espacial Mohammed bin Rashid.

O "KhalifaSat" é o primeiro satélite a ser completamente desenvolvido e fabricado nos EAU, e foi lançado do Centro Espacial Tanegashima, no Japão, em outubro de 2018.

Os EAU também estão desenvolvendo o primeiro satélite árabe conjunto, conhecido como "Satellite 813".

De acordo com a Agência Espacial dos EAU, o MeznSat está sendo desenvolvido por jovens cidadãos Emirati da Universidade de Khalifa e da Universidade Americana em Ras Al Khaimah, que também monitorarão e analisarão os dados enviados à estação continental do laboratório YahSat na Universidade de Khalifa e à estação sub-terra da Universidade Americana.

Durante o anúncio do projeto, o Dr. Eng. Mohammed Nasser Al Ahbabi, Diretor Geral da Agência, ressaltou que o MeznSat desempenhará um papel fundamental na análise da atmosfera e no fornecimento de informações e fotos que ajudarão a compreender muitas questões que o planeta enfrenta.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302869584

WAM/Portuguese