Quarta-feira 12 Maio 2021 - 12:18:57 pm

Mohammed bin Rashid lança '100 milhões de refeições' para oferecer apoio alimentar em 20 países


DUBAI, 11 de abril de 2021 (WAM) -- Sua Alteza Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum, Vice-Presidente, Primeiro Ministro e Governador de Dubai, lançou a campanha "100 milhões de refeições" para fornecer pacotes de alimentos para famílias e pessoas carentes em 20 países durante o Mês Santo do Ramadã.

Lançada como uma expansão da campanha '10 Milhões de Refeições', realizada no ano passado, que capacitou as comunidades atingidas pela COVID-19 nos EAU, a campanha '100 Milhões de Refeições' fornecerá apoio alimentar para os vulneráveis no Oriente Médio, África e Ásia.

Empresários, empresas e o público dentro e fora dos EAU são convidados a fazer doações financeiras para a campanha que distribuirá pacotes de alimentos, suficientes para fornecer 100 milhões de refeições, em países como Sudão, Líbano, Jordânia, Paquistão, Angola, Uganda e Egito. Uma doação tão pequena quanto um AED1 é suficiente para garantir uma refeição para as comunidades carentes nos países visados.

O Mohammed bin Rashid Al Maktoum Global Initiatives (MBRGI) coordenará com a Rede Regional de Bancos de Alimentos e organizações humanitárias locais nos países beneficiários para entregar pacotes de alimentos às portas de indivíduos e famílias vulneráveis.

O Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum disse: "fornecer alimentos durante o mês santo do Ramadã é o melhor que podemos dar dos Emirados Árabes Unidos à humanidade".

Ele acrescentou, "a pandemia da COVID-19 tem levado muitas populações ao desespero econômico e nos empurrou, ao mesmo tempo, para sermos mais compassivos e generosos".

Urgindo o público a fazer sua parte, o Xeque Mohammed disse, "trabalharemos com organizações humanitárias, empresas, entidades e humanitários para nos unirmos para garantir 100 milhões de refeições para trazer uma sensação de segurança aos lares carentes em todo o mundo".

A filantropia é parte integrante da filosofia dos EAU desde o seu início. O Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum enfatizou a necessidade de unificar esforços e alavancar os recursos necessários para combater a fome mundial.

"A quatro horas de nós estão 52 milhões de pessoas lutando contra a fome". Precisamos tomar medidas urgentes para capacitar as comunidades carentes".

O Xeque Mohammed bin Rashid Al Maktoum acrescentou: "Hoje, temos a oportunidade de enviar 100 milhões de mensagens de paz dos Emirados Árabes Unidos para 20 países em todo o mundo".

A campanha é parte da resposta dos EAU aos esforços globais para combater a fome mundial, um grande desafio que tem sido agravado pelo surto de COVID-19 que conduziu milhões de populações desfavorecidas a uma maior insegurança, pobreza e desemprego.

A campanha também visa apoiar a comunidade internacional a alcançar o segundo dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para acabar com a fome até 2030.

O MBRGI realizará a campanha em colaboração com o Programa Mundial de Alimentos da ONU, a Rede Regional de Bancos de Alimentos, organizações humanitárias e de caridade nos países beneficiários, Mohammed bin Rashid Al Maktoum Humanitarian and Charity Establishment (MBRCH), e entidades federais e locais dos Emirados Árabes Unidos.

Empresas, empresários e indivíduos de todo o mundo podem doar qualquer quantia a partir do AED1 através do site www.100millionmeals.ae ou através de uma transferência bancária para a conta do Banco Islâmico de Dubai com o IBAN no.:AE080240001520977815201.

As doações dentro dos EAU também podem ser feitas através de SMS (Etisalat e Du), enviando uma mensagem de texto "Meal" para os números listados no site, dependendo do número de refeições selecionadas para doação.

O call center da campanha receberá grandes doações através do número de ligação gratuita 8004999.

Mais de 820 milhões de pessoas estão desnutridas globalmente, incluindo 52 milhões de pessoas em toda a região do MENA. A desnutrição contribui para cerca de 45% das mortes de crianças menores de 5 anos e a fome reclama a vida de uma criança a cada 10 segundos. A fome causa mais mortes do que a AIDS, malária e tuberculose juntas.

Além de unir esforços globais para combater a fome no mundo, a campanha "100 milhões de refeições" também visa aumentar a conscientização sobre a redução do desperdício de alimentos e promover o consumo responsável de alimentos. Embora a produção mundial de alimentos seja suficiente para alimentar 10 bilhões de pessoas (a população atual é de 7,8 milhões de pessoas), estima-se que 1,3 bilhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas globalmente a cada ano, um terço de todos os alimentos produzidos para consumo humano, totalizando US$ 2,6 trilhões. Um quarto dos alimentos desperdiçados globalmente poderia ser suficiente para alimentar 870 milhões de pessoas.

A campanha visa fomentar a solidariedade e promover a responsabilidade individual e corporativa, incentivando todos os segmentos da sociedade a assumir a filantropia como parte integrante de seu estilo de vida.

Também reflete os princípios humanitários dos EAU e a dedicação para ajudar os vulneráveis através de ações rápidas. Os EAU dedicaram grandes recursos ao combate à fome e à desnutrição, sendo nomeados o quinto maior doador mundial para o Programa Mundial de Alimentação, com contribuições de 2019 no valor de US$ 270 milhões.

O MBRGI, organizador da campanha "100 milhões de refeições", foi estabelecido em 2015, combinando sob seu guarda-chuva mais de 30 iniciativas e entidades humanitárias e de desenvolvimento. A campanha "100 Milhões de Refeições" se enquadra no âmbito da Ajuda Humanitária e Socorro da MBRGI, um dos cinco pilares das operações da fundação que cobrem a Saúde e Controle de Doenças, Difusão da Educação e Conhecimento, Inovação e Empreendedorismo e Empoderamento das Comunidades.

A campanha "100 Milhões de Refeições" é o último acréscimo às iniciativas humanitárias, sociais e de desenvolvimento da fundação que são destinadas principalmente a apoiar e capacitar as comunidades vulneráveis e desfavorecidas em todo o mundo.

Criada em 2013 na Cidade Humanitária Internacional em Dubai, a Rede Regional de Bancos de Alimentos é uma organização sem fins lucrativos para bancos de alimentos na região. Seu objetivo é unificar os bancos regionais de alimentos e coordenar os esforços de alívio nutricional para proporcionar uma ação conjunta rápida para ajudar os necessitados. A Rede Regional de Bancos de Alimentos fornecerá o apoio logístico necessário para garantir a entrega de pacotes de alimentos aos países beneficiários.

Trad. por Nadia Allim.

http://wam.ae/en/details/1395302926229

WAM/Portuguese