Segunda-feira 24 janeiro 2022 - 4:01:55 am

FCSC documenta o avanço econômico dos EAU ao longo de 50 anos


ABU DHABI, 30 de novembro de 2021 (WAM) -- Durante os últimos 50 anos, os EAU estabeleceram bases sólidas para uma economia diversificada e sustentável e conseguiram, após a descoberta de petróleo na região nos anos 50, alcançar um avanço econômico significativo.

Também tem exercido esforços significativos na transição para uma economia baseada no conhecimento, incentivando a inovação e otimizando os marcos regulatórios de setores econômicos chave.

Em seu novo relatório a ser publicado em breve, intitulado "Os Emirados Árabes Unidos: Os Dados Documentando a Viagem até 2020", o Centro Federal de Competitividade e Estatística (FCSC) revelou fatos e números-chave que ressaltam o crescimento econômico do país durante os últimos 50 anos, para marcar o Jubileu de Ouro do país.

O relatório destacou um aumento significativo no PIB do país de AED58,3 bilhões em 1975 para mais de AED1,3 trilhões em 2020, enquanto a contribuição dos setores não petrolíferos para o PIB aumentou de 43% em 1975 para 83% em 2020.

O relatório também mostrou um aumento no comércio exterior global de AED11,5 bilhões em 1975 para AED1,4 trilhões em 2020, enquanto os investimentos estrangeiros diretos (IDE) no país cresceram 82%, totalizando cerca de AED73 bilhões em 2020, em comparação com AED40 bilhões em 2005.

O valor dos FDIs do país no exterior aumentou de AED14 bilhões em 2005 para AED69,5 bilhões em 2020.

O relatório também revelou um aumento nos gastos do governo de AED1,258 bilhões em 1975 para AED442,386 bilhões em 2019.

Além disso, o setor bancário testemunhou um aumento significativo após o número de bancos comerciais no país ter aumentado de 20 em 1972 para 59 em 2020, enquanto o valor total dos depósitos bancários aumentou de AED19,5 bilhões em 1978 para cerca de AED1,9 trilhões em 2020. O número de companhias de seguros no país subiu de 62 em 1975 para 406 em 2020.

Turismo: O setor de turismo dos EAU tem sido uma história de sucesso, e o país tornou-se um importante centro internacional para o qual os turistas de todo o mundo se reúnem.

O número de estabelecimentos hoteleiros aumentou de 64 com 5.379 quartos em 1978 para 1.089 com 180.257 quartos de hotel em 2020.

A capacidade operacional dos estabelecimentos hoteleiros do país se desenvolveu ao longo dos anos. Em 1979, o número de hóspedes de hotel era de cerca de 392.000, com estadias que totalizaram 1,02 milhões. Em 2020, este número ultrapassou 14,882 milhões de hóspedes, com estadias totais em hotéis de 54,3 milhões.

O total da receita hoteleira em 2020 excedeu AED16,6 bilhões, marcando um aumento significativo em relação a 2005, quando a receita totalizou AED1,5 bilhões.

Eletricidade e Água: Os Emirados Árabes Unidos fizeram grandes esforços para atender à crescente demanda nacional por eletricidade e água trazida por sua crescente população e seu crescimento econômico e comercial, além de adotar soluções de energia renovável.

A capacidade total das usinas elétricas dos EAU aumentou de 482 megawatts em 1975 para cerca de 35.000 megawatts em 2020, enquanto a energia elétrica gerada excedeu 137.000 gigawatts por hora em 2020, em comparação com 1.467 gigawatts por hora em 1975.

A eletricidade gerada pelas usinas de energia renovável cresceu significativamente em 2020 em comparação com 2009, passando de 6 gigawatts-hora em 2009 para 5.476 gigawatts-hora em 2020. Em 2009, a capacidade total instalada das usinas de energia renovável foi de 10 megawatts, mas em 2020, esta saltou para 2.289 megawatts, um aumento de 22.698%.

Além disso, o relatório destacou um aumento na quantidade de água dessalinizada produzida em 2020, atingindo 2 bilhões de metros cúbicos, um aumento significativo em relação a 1983, quando atingiu 256 milhões de metros cúbicos. Em 2020, o número de estações de tratamento de águas residuais no país foi de 125, um aumento de 145 por cento em relação a 2011, quando havia apenas 51. O volume de águas residuais tratadas aumentou em 55% em 2020, atingindo 769 milhões de metros cúbicos, em comparação com 498 milhões de metros cúbicos em 2011.

Trad. por Nadia Allim.

wam.ae/en/details/1395302998495

WAM/Portuguese