Sábado 13 Agosto 2022 - 4:02:04 pm

Emirados Árabes Unidos afirmam compromisso em apoiar operações de manutenção da paz


ABU DHABI, 8 de Dezembro de 2021 (WAM) -- Ahmed Ali Al Sayegh, Ministro de Estado, afirmou o compromisso dos EAU em apoiar as operações de manutenção da paz das Nações Unidas (ONU).

Fez esta declaração durante o seu discurso na reunião ministerial de manutenção da paz da ONU em Seul, 2021, organizada pela Coreia do Sul, realizada à distância e que contou com a presença de António Guterres, Secretário-Geral da ONU, Abdullah Saif Al Nuaimi, Embaixador dos EAU na Coreia do Sul, e ministros de 50 países.

Durante a segunda sessão chave da conferência, Al Sayegh falou sobre a importância da participação igualitária das mulheres nas operações de manutenção da paz e de segurança. Em Março, os EAU lançaram o primeiro plano de acção nacional em resposta à Resolução nº 1325 do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre as mulheres, a paz e a segurança, observou ele.

Sublinhou também a iniciativa de S.A. Sheikha Fatima bint Mubarak, Presidente da União Geral das Mulheres (GWU), Presidente do Conselho Supremo para a Maternidade e Infância, Presidente Suprema da Fundação para o Desenvolvimento da Família (FDF), e a "Mãe da Nação", destinada a implementar a resolução acima referida em colaboração entre a GWU e a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Género e o Empoderamento das Mulheres (UN Women) para apoiar a participação das mulheres em todas as áreas, especialmente nas operações de paz e segurança.

No âmbito desta iniciativa, cerca de 375 mulheres do Médio Oriente, África e Ásia foram formadas e dotadas das competências necessárias para participar em operações de manutenção da paz, acrescentou.

Al Sayegh anunciou que os EAU tinham prometido 10 milhões de dólares americanos para operações internacionais de manutenção da paz, o que incluirá a formação de 200 mulheres na Escola Al Azwar de Khawla bint ao longo de quatro anos para desenvolver as suas capacidades no domínio da segurança e permitir-lhes participar em operações de manutenção da paz.

O compromisso dos EAU inclui também o fornecimento de apoio logístico e financeiro à ONU para responder às necessidades a curto e médio prazo das operações de manutenção da paz.

Al Sayegh terminou o seu discurso destacando o apoio contínuo dos EAU às operações de manutenção da paz, especialmente após a eleição do país como membro do Conselho de Segurança da ONU para o mandato de 2022-2023.

Trad. por Nadia Allim.

wam.ae/en/details/1395303001086

WAM/Portuguese