Quarta-feira 17 Agosto 2022 - 11:37:33 pm

Emirados Árabes Unidos lançam o primeiro projeto de resíduos para ração da região

  • الإمارات تستضيف أول مشروع بالمنطقة يستخدم الحشرات لإنتاج أعلاف من النفايات العضوية
  • الإمارات تستضيف أول مشروع بالمنطقة يستخدم الحشرات لإنتاج أعلاف من النفايات العضوية
  • الإمارات تستضيف أول مشروع بالمنطقة يستخدم الحشرات لإنتاج أعلاف من النفايات العضوية

DUBAI, 27 de maio de 2022 (WAM) -- Mariam bint Mohammed Almheiri, Ministra da Mudança Climática e do Meio Ambiente, inaugurou o primeiro projeto da região que irá transformar os resíduos orgânicos em produtos de alta qualidade.

O empreendimento por meio de uma inovadora empresa de origem caseira, a Circa Biotech, fazendas de larvas de mosca negra (BSF), alimentadas por restos de alimentos antes de serem transformadas em proteínas animais, fertilizantes orgânicos e óleos.

Durante um tour pela sede da empresa na cidade de Masdar em Abu Dhabi, o Ministério de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente (MOCCAE) assinou um memorando de entendimento (MoU) com a Circa Biotech para apoiar o projeto pioneiro.

Falando na inauguração, Almheiri disse: "Este acordo faz parte do esforço contínuo dos EAU para aumentar a segurança alimentar e a sustentabilidade baseada na inovação, no desenvolvimento verde e na mitigação da mudança climática. O projeto alavanca soluções baseadas na natureza para enfrentar os desafios resultantes do acúmulo de resíduos orgânicos". Desta forma, cria oportunidades econômicas sustentáveis que fortalecem a resiliência de nossa cadeia de fornecimento de alimentos, ao mesmo tempo em que transforma o desperdício de uma carga ambiental em um recurso econômico".

Ela acrescentou: "O mundo está testemunhando um aumento no financiamento de capital para as empresas de cultivo de insetos. Nos EAU, consideramos o apoio à inovação e à P&D uma base para aumentar a eficiência do modelo de economia circular. O projeto da Circa Biotech segue os princípios da economia circular, utilizando os resíduos orgânicos e os nutrientes que eles contêm como insumos no processo de produção de ração, aumentando assim a segurança alimentar.

"Para apoiar as indústrias que necessitam de proteínas de insetos, devemos traçar um roteiro para facilitar a importação de insumos agrícolas e melhorar os serviços governamentais relacionados. Este projeto contribuirá para reduzir a pegada de carbono do setor agrícola ao produzir rações e fertilizantes orgânicos de forma sustentável. Além disso, desviará os resíduos orgânicos do aterro sanitário e reduzirá as emissões de metano resultantes de sua decomposição".

Mohamed Al Ramahi, CEO da Masdar, disse: "Como o único cluster de P&D planejado e aprovado em Abu Dhabi, Masdar City está fortalecendo sua posição como o local principal para alguns dos projetos de sustentabilidade mais vanguardistas do mundo. Com nosso parceiro The Catalyst, que é o primeiro acelerador da região para start-ups focados em sustentabilidade, estamos muito felizes de ser o lar deste projeto inovador de gerenciamento de resíduos alimentares da Circa Biotech, apoiado pela MOCCAE. Esta é uma adição inestimável às soluções globais que irão melhorar o setor de agritech, e Masdar City espera continuar seu papel na formação das indústrias sustentáveis de amanhã".

Haythem Riahi, co-fundador e CEO da Circa Biotech, disse: "Na Circa Biotech, desenvolvemos um processo inovador para transformar os resíduos alimentares em ração animal rica em proteínas, utilizando a criação industrial de insetos. É uma solução comercialmente viável para produzir localmente ração animal com um processo altamente sustentável". Em uma escala industrial completa, planejamos produzir 22.000 toneladas de ração animal por ano".

O projeto da Circa Biotech produzirá inicialmente 1,5 toneladas de fertilizante orgânico por mês. Numa etapa posterior, a empresa planeja expandir a produção, tratando 200 toneladas de resíduos de alimentos por dia e reciclando-os na cadeia de valor dos alimentos. Isto ajudará a atender à crescente demanda local por ração animal. Também diminuirá a dependência da farinha de peixe na aquicultura, que está testemunhando aumentos de preços e instabilidade devido à oferta limitada, com seus custos alcançando até 80% dos gastos dentro da indústria.

A ração produzida é rica em proteínas, gorduras, minerais e vitaminas, e tem alto valor nutricional. As larvas podem ser colhidas a cada 14 dias devido ao curto ciclo de vida de 45 dias da FBS e à alta fertilidade. A FBS é considerada ideal para a produção de ração, pois não transmite doenças, não causa danos ou infestações e é uma espécie não-invasiva. As FBS são criadas em um ambiente de sistema de controle industrial (ICS) com sensores que registram em tempo real a temperatura, umidade e níveis de dióxido de carbono sob uma iluminação bem pesquisada. Este modelo assegura o uso otimizado dos recursos e o consumo eficiente de água, e tem impacto limitado sobre as mudanças climáticas e baixas emissões.

Trad.p/ Nadia Allim.

wam.ae/en/details/1395303051871

WAM/Portuguese