Segunda-feira 05 Dezembro 2022 - 4:04:25 pm

Emirados seguem fortalecendo segurança alimentar, diz Ministério para Mudanças Climáticas


ABU DHABI, 16 de agosto de 2022 (WAM) -- O Ministério para Mudanças Climáticas e Meio Ambiente informou que os Emirados Árabes Unidos continuam fortalecendo o sistema de segurança alimentar através de políticas que incluem a promoção da cooperação com outros países e mercados, diversificando fontes e atraindo investimentos agrícolas locais e estrangeiros. A taxa de importação de alimentos do país aumentou 21% no primeiro semestre de 2022, registrando mais de 41 mil toneladas de alimentos importados diariamente, segundo as autoridades.

Essa Al Hashmi, subsecretário assistente do Ministério para Comunidades Sustentáveis e subsecretário interino para o Desenvolvimento Verde e Mudança Climática, disse que o comércio de alimentos é um setor nacional de ponta, observando que testemunhou uma recuperação significativa após a pandemia da COVID-19. Em declaração à Agência de Notícias dos Emirados (WAM), Al Hashmi destacou que garantir a abundância de alimentos, a continuidade e sustentabilidade das cadeias de suprimentos são um objetivo fundamental do ministério, parte de sua estratégia para garantir a segurança alimentar do país.

Al Hashmi acrescentou que o Ministério também está interessado em tornar os alimentos amplamente disponíveis em cooperação e coordenação com as autoridades federais e locais. Lembrou que, de acordo com dados sobre travessias de fronteira, os meses anteriores registraram a entrada de grandes remessas de alimentos no país, que incluíram commodities e produtos que foram vendidos nos mercados locais e outros que foram reexportados. Vale recordar que os Emirados Árabes Unidos são um dos principais centros de reexportação do mundo. O subsecretário explicou os esforços do país para fornecer alimentos e garantir a sustentabilidade das cadeias de abastecimento, que incluem uma gama diversificada de importações, principalmente de países como Índia, Brasil, Canadá, Estados Unidos, Arábia Saudita, Austrália e Paquistão.

Em seguida, destacou os esforços dos Emirados Árabes Unidos para garantir a disponibilidade de alimentos e a continuidade das cadeias de abastecimento, que envolvem a expansão das operações de investimento agrícola em outros países, com foco em culturas alimentares estratégicas, como trigo, arroz, legumes e frutas, e gado – salientando que o Ministério adotou os mais altos sistemas de segurança alimentar para garantir o cumprimento de seus requisitos e especificações.

trad. nadia allim.

https://wam.ae/en/details/1395303075078

WAM/Portuguese